Search

Incerteza de escrever

(via pixabay)

Talvez esse seja o post mais sincero da minha vida, mais eu nem sei o que escrever. Eu vou ser bem sincera, eu tenho medo de escrever, não sei se isso ocorre com toda galera da blogosfera é só comigo (espero que não), mais as vezes eu sinto um certo medo de escrever ou até um certo receio do que escrever. Errar uma letra ou um parágrafo as vezes me domina.

Não quero ser motivada pelos acessos, ou até mesmo milhões de comentário, eu quero ser conduzida pelo o que eu sinto, eu quero ser humana nas palavras, não quero bancar a sabiá, quero bancar a sincera, de todo meu ser. Não quero que as marcas ou parcerias me conduzam fazer algo, quero fazer algo sem ser conduzida por ninguém além de min, quero fazer por amor, e não por obrigação. Quero ter prazer em colocar cada letra e formar cada frase de acordo comigo e não com o que os leitores podem achar ruim. Quero deixar claro que a opinião de vocês e a presença até os finais dos post é algo gratificante, pois eu sei que estou ajudando alguém em algo mínimo que seja, mais quero que saiba que é sobre mim, é sobre o que eu gosto que talvez vocês podem gostar. É sobre como eu lido com os problemas que podem te ajudar, não quero prometer quantas vezes irei fazer post, quero apenas fazer quando eu estiver afim de fazer. 

Eu sei, não é certo, e talvez alguns leitores não mereçam isso, e eu sinto o mundo caindo sobre min, me sinto culpada por isso, mas não posso desistir ou obrigar o meu dom da escrita, quero que ele se manisfesta de uma forma única, e quando ele estiver afim ,não quero ser mais um bloguinho que fala que a vida não é fácil e que problemas todo mundo tem. Eu quero ser aquele blog que saiba valorizar cada dor e cada alegria, que saiba valorizar cada prato de macarrão nos domingos e todas as maratonas de seriados possível, eu não quero ser falsa, eu quero ser verdadeira, eu quero ser a Samanta que eu fui criada pra ser, eu fui criada pra ser eu mesma.

Então eu peço mil desculpas as pessoas que se adaptaram com esses texto de antes, mudança viram e quero prepara-los para que isso aconteça. Quero ter minha identidade carimbada neste meu blog, quero que conheça e saibam que eu sou como vocês inseguros, e com medo de arriscar.

Não prometo continuar escrevendo aqui, talvez eu esteja enganada com esse papo todo de dom e que talvez eu esteja apenas em uma fase, fiquem livres para comentar e falar o que pensam sobre, somo sempre irei ler e responder todos os comentários, e fiquem mais livres ainda para mandar e-mails sobre esse assunto.

Um comentário

  1. Muito lindo o seu post muito obrigada por passar lá no meu blog, o seu blog é lindo.
    Podemos marcar para sentar e abraçar quando quiser

    ResponderExcluir

Eu sei que essa mensagem é automatica, mas sou eu que estou escrevendo ❤️. Te peço desde já que esbanje amor na hora de comentar, que seja para construir e não derrubar ❤️❤️

Respeite as outras pessoas, e se amem ❤️